Personal Sound System Guy

Ontem cruzei-me com uma criatura que já não via há uns tempos: o homem do personal sound system.
Aqui há uns meses (ou anos? o tempo tem andado meio acelerado ultimamente) atrás, havia muitas destas criaturas no Metro do Porto. Principalmente adolescentes, com os seus super telemóveis, a difundir as suas questionáveis escolhas musicais por toda a carruagem.
"Quem não gosta, que mude de lugar" imagino que fosse a lógica.



Como entretanto deixei o Metro, deixei de ver estas criaturas musicais.
Até que eis se não quando, ontem, a caminho do ginásio me cruzo com mais um destes espécimes sonoros. Este já devia ter sido adolescente há umas valentes décadas atrás, vinha meio curvado pela rua fora, com a pele bronzeada, mais provavelmente de dias de trabalho ao ar livre do que de tempo passado na praia, e com o seu super sistema de som a passar uma musiquinha brasileiro-pimba para todos os que se cruzassem com ele ouvir.

Ora, nestas andanças das marcas pessoais e nesta época tão propícia a epifanias, fez-se luz neste meu cérebro: poderia este se eventualmente, mais um excelente elemento do kit da marca pessoal?
Porque não expressar quem somos, quem queremos ser, com uma pequena banda sonora partilhada?
E se em vez de ser considerado "pimba", esta fosse uma prática bem aceite por esta sociedade que nos rodeia?
Será que ao passarmos pela Boavista em hora de entrada nos escritórios, nos deparariamos com uma maravilhosa cacofonia musical, escolhida e composta pelos auditores/juristas/analistas de dados que por ali trabalham?
Será que diferentes zonas da cidade teriam diferentes estilos musicais?
Seria possível que todos os sons de uma determinada área criassem uma atmosfera musical própria?
Enfim, estou a filosofar...

Mas só mais uma pergunta: nesta realidade alternativa, qual seria a tua banda sonora de eleição?

2 comentários:

  1. Boa escolha! Já estou a dançar, cause I'm happy!

    ResponderEliminar
  2. Maravilha! Era esse o objectivo ) É impossível ficar parada a ver este vídeo :)

    ResponderEliminar