Porquê criar uma Marca Pessoal?

Photo Credit: Esellee via Compfight cc

Desenvolver uma marca pessoal só porque sim, não vale a pena.
Dá trabalho, gasta tempo, requer introspecção que pode não ser o processo mais agradável...

Então, porque nos devemos preocupar com a criação da nossa marca pessoal?
De acordo com um dos experts, existem tantas explicações como pessoas, mas o denominador comum é que a Marca Pessoal é que nos ajudará a distinguirmo-nos do mar de outros candidatos/profisisonais que existem na nossa área.

Para Chris Brogan uma Marca Pessoal forte é uma mistura de Reputação + Confiança + Atenção + Execução

Ao criar a sua marca pessoal, tenha em atenção:

1. Seja Genuíno: 
não desempenhe um papel, seja fiel a si próprio.
Com as novas tecnologias e redes sociais, apanha-se o mentiroso ainda mais depressa...

2. Seja Diferente: 
a Marca Pessoal permite-lhe destacar-se da manada. É essencial saber qual o seu elemento diferenciador:
- o que é que o distingue de todos os outros candidatos?
- o que é que só você pode oferecer?

3. Seja Relevante: 
escolha um eixo - uma característica ou competência - que tenha grande importância para si.
Qual a sua mais valia?

4. Seja Capaz de Manter a Sua Marca: 
ela não se cria da noite para o dia.
Escolha um eixo que lhe seja possível manter a médio/longo prazo.

5. Seja Completo: 
as marcas são complexas e nunca unidimensionais.
Seja completo e colorido, mas nunca retorcido.

Achou este post útil? Partilhe-o nas redes sociais.

Tem uma boa marca pessoal, que cumpre com estes requisitos? Deixe o seu link nos comentários!

Obrigada!

Sem comentários:

Enviar um comentário